15 de junho de 2009

Apenas Lembranças



Dias se passaram, depois da tua morte;
Mas as lembranças permanecem vivas em minha mente.
Nelas, você está cada vez mais vivo!
Cada vez mais reluzente.
Foram muitos os momentos em que te senti assim,
Que te senti feliz;
Que te senti viver.
Hoje, são tortuosos os dias em que sinto o que restou de ti...
São dolorosas as lembranças que tenho;
De um coração que há dias, deixou de viver.

Dedicatória a um grande amigo Antônio Bispo de São Pedro ( 1958-2009 )